Passando a bola

Como é do conhecimento daqueles que acompanham o meu trabalho no Projeto Fedora, eu deixei a coordenação da equipe de tradução do nosso idioma. Foram quatro anos trabalhando nas traduções como um todo e três anos como coordenador. Foi um trabalho muito gratificante e com um retorno que eu jamais imaginaria em princípio.

Quem assume a coordenação agora é Taylon Silmer, que também é de Belo Horizonte e já faz parte do time de tradução do Fedora e do GNOME. Um dos desafios do novo coordenador será adaptar as interfaces para as novas regras ortográficas e manter o interesse da comunidade nas traduções.

É difícil deixar um trabalho reconhecido e bem sucedido como esse, mas em contrapartida vejo a necessidade de aprender algo novo. Agora pretendo ajudar na triagem, relato de bugs e QA (Quality Assurance – Garantia de Qualidade) de internacionalização, além de continuar mantendo o Spin BrOffice.org.

Eu gostaria de agradecer nominalmente ao Rodrigo Padula e ao Diego Zacarão que foram as primeiras pessoas com quem tive contato no projeto, ao Henrique Junior da Revista Fedora Brasil, a todos que sempre me apoiaram nesse tempo todo e principalmente aos que criticaram e ajudaram a melhorar os processos.

3 thoughts on “Passando a bola

  1. Pingback: New directions « Igor Pires Soares
  2. Olá igor,
    estou lhe escrevendo pois estou com um problema aki com meu fedora 15.
    eu alterei o arquivo i18n de en_US, para pt_BR, porém agora no banco de dados postgresql, ele está gravando as letras acentuadas com um ?, tem como resolver isso?
    Desde já agradeço sua atenção, muito obrigado

  3. André, provavelmente isso deve estar relacionado ao conjunto de caracteres usados para gravar no banco de dados.
    Recomendo que você defina explicitamente o charset UTF-8 no banco para evitar esse tipo de problema.

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *