As 63 frases que marcaram a minha graduação

Revivendo uma ideia do meu antigo blog, aqui está o resultado da minha luta psicológica para encontrar uma epígrafe para a minha monografia. Infelizmente, dentre tantas frases geniais, só posso escolher uma. Nesse processo, foi Impossível não recordar as várias frases que marcaram a minha graduação em fim iminente. São tantas que não espero que ninguém chegue ao final. Aí vão elas:

“Dá lucro? (Aplausos)” – Fera

“Roda o PDCA.” - Roncalli

“Como diria lá na escola: ‘De todos os pontos ele não tem nenhum.’” – DMF sobre Roncalli

“Pirex!!!” – Marina me chamando

“Como diria lá na escola: ‘Ou é pangaré ou é cavalo de corrida.’” – DMF sobre candidatos a vagas de emprego

“…” – Cara de Default mudo sobre um furador de ovo

“E agora? E agora? E agora? E agora? E agora? E agora?” – Minininho enchendo o saco

“Meu coração quase parou!” – Fera descrevendo a correção de uma de suas provas

“Sinal amarelo!” – Pequeno Pato

“Como diria Chico Buarque de Holanda: ‘E agora José?’” – DMF sobre o poema de Carlos Drummond de Andrade

“Pirecolino!!!” – Marina me chamando

“Ultimamente não tenho dado nem pro meu marido.” – EP quando retoricamente perguntada se poderia dar alguma questão da prova antecipadamente

“Não.” – Cara de Default quando perguntado se lembrava de mim duas horas depois de me ver na sala.

“Como assim ele não lembra de você?” – Mex sobre a frase acima, atônito com a amnésia instantânea

“Sinal vermelho!” – Pequeno Pato

“Não me venha com chorumelas!” – Marina, vindo a mim com chorumelas

“É bater o martelo.” – DMF sobre?

“Onde estão as suas duas esposas?” – Daniel sobre uma época em que eu tinha duas esposas

“Aoshi Maaaaacho” – Osório sobre o Maaaaacho

“Pra mim você não existe.” – Lula

“MAS É COMPROVADAMENTE NP-COMPLETO? COMPROVADAMENTE? COMPROVADAMENTE? – NP-Completo sobre NP-Completo

“MAS COMO ASSIM EU NÃO POSSO TER UM NOTEBOOK QUÂNTICO?” – NP-Completo revoltado com seu sonho distante de consumo

“Porra, Igor. Para de viajar!” – Mex sobre mim

“Pirudo!!!” – Marina me chamando. Essa eu deixo aberta a interpretações.

“Faz sentido isso?” – Pequeno Pato sobre o que nunca fez sentido

“De 10 a 20.” – Osório quando perguntado retoricamente sobre quantos milímetros iriam chover. Sim, ele sabia.

“Você não acha que as pessoas podem mudar?” – Senhora Default tentando justificar o injustificável sobre Cara de Default.

“…” – Cara de Default depois de ser epicamente trollado pelo Lula, provando que as pessoas podem mudar sim. Para pior.

“Tem que seguir o processo.” – CIP sobre todas as coisas do mundo

“Volta na definição.” – JM sobre todas as dúvidas do mundo

“Pirequinho!!!” – Marina me chamando

“Deixar dois aqui.” – Osório pagando as dívidas

“Epígrafes são demasiadamente piegas.” – Bruna agora mesmo no meu Facebook

“Você é um reclamão!” – Outro JM, esse armado com um guarda-chuva

“Eu achei que era comigo.” – Cara no ponto de ônibus ao achar que era pra ele o tchau que era pra mim

“Eu programo em .NET desde 2002.” – Cara de Default, mostrando que o programador e a linguagem se merecem

“Então me envia o seu currículo.” – NP-Completo para Cara de Default, mostrando que as pessoas se merecem

“É… não dá mais pra mim.” – Roncalli constatando o óbvio

“Eu já sabia.” – DSMS sobre cômicas revelações

“Igorino!!!” – Marina me chamando

“CÊ TÁ LOUCO?” – Alberta assustando outra mulher

“XMLiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii” – Freddie Mercury Prateado

“Uma árvore caiu em cima do seu carro? E o que eu posso fazer?” – MJ no telefone no meio da aula

“Você nunca vai esquecer disso?” – Bruna sobre a minha pior e única ida ao CEU, pela qual eu a culpo até hoje e seguirei culpando.

“Essa é a Lei de Gérson.” – DMF sobre o Brasil.

“Não tem como ele correr atrás de mim.” – Aparecido, antes de roubar uma lista exercício do monitor deficiente. É, pois é, Lei de Gérson.

“Pirão!!!” – Marina me chamando

“Cê tá aí né?” – Osório diariamente

“Eu sou assexuado.” – Shiryu

“Proibida a entrada de alunos.” – Frase na porta do colegiado

“Nossa, mas você hein. Sai de perto de mim.” – DSMS sobre meu azar potencialmente contagioso.

“Não acredito que você fez isso comigo!” – Marina depois de eu ter prometido um pedaço do chocolate e posteriormente tê-lo comido todo

“Igor!!!” – Marina me chamando no momento de raiva

“Pilantra!!!” – Marina reforçando o ponto

“Vocês sabiam que o gosto amargo do chocolate tem relação com o teor de cacau?” – Dudu

“CLARO QUE EU SEI!” – Aparecido respondendo à pergunta acima

“Meu pai era mafioso.” – DMF sobre suas origens

“Tenho certeza que é você quem escreve isso.” – Bruna me acusando de ser a identidade secreta do Cão da Depressão

“Pirado!!!” – Marina me chamando

“Arlei!” – Harlley corrigindo o professor sobre a pronúncia do nome dele pela 123ª vez na vida

“Você não tem cara de quem trabalha.” – Marina sobre o vagabundo que escreve mais de 60 frases no blog, mesmo antes dele ter feito isso

“Fica assim então.” – Osório diariamente

“Como diria Juca Chaves: ‘Tchau’” – DMF

Atualização: parem de ficar me lembrando e dando ideias! Eram 57 frases e já estamos em 63! :)

Category(s): Academic, Pessoal, Português

4 Responses to As 63 frases que marcaram a minha graduação

  1. ahahahahaha amei isso! Mas esqueceu de vários Pirex : Pirado por exemplo e o melhor PILANTRAAAAAAAAAAAAAAAAA

  2. É verdade, esqueci mesmo! Mas se for contar tudo vai dar umas 100 frases haha!
    E obviamente eu não sou pilantra! ahauhua

  3. Com meus pensamentos flutuando e meu coração com uma pedra me afundando,mais eu ainda n deixo de desistir,pois minha felicidade eu n ouso em desistir pois são aquelas q vão me fazer sorrir e com elas vou levar a vida assim : D.

  4. classifique sua felicidade em um ato de amor e gratidão. percebendo-se adoro fazer poesias (:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

 

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>